22/01/10

No meu mundo perfeito...


Eu queria me dar bem com todos os que cruzam o meu caminho, eu queria que todos fossem meus amigos, eu queria que ninguém tivesse raiva de mim, eu queria que ninguém sentisse ciúmes de mim...
Acreditem, eu esforço-me, porque não sou perfeita, há pessoas que eu faço das "tripas coração" para me dar bem...mas quando estou a dar o melhor que há em mim nesses momentos, busco a sinceriedade e acredito que sim, é possivel gostar dessa pessoa... estou sempre atenta aos sinais que da outra pessoa virão se corresponde de modo igual ao que eu estou a ser...e é um autêntico balde de água fria que levo... porque estou de coração aberto a receber a pessoa, de modo a que encontre e sinta a harmonia e empatia, mas depois de várias tentativas, do outro lado recebo nada a não ser frete, simpatia forçada para não parecer mal, pois então eu vontade tenho para dizer de modo nada cortês, ponham essa simpatia num sítio que eu cá sei! Eu admito que posso não "engolir" á primeira certas pessoas, mas luto contra isso, dou uma segunda oportunidade a mim mesma, não a elas, a mim, de ver o outro lado delas...o lado bom, genuíno...mas se assim elas não o quiserem dar...eu continuarei a sentir-me bem comigo pois fiz o que a minha consciência manda, elas...que pensem o que quiserem de mim, estou-me pouco a importar...desculpem, mas há alturas em que o saco fica cheio...

Até á próxima

3 comentários:

Ana disse...

Olá!
Fazendo o que se pode e não dando resultado o melhor é seguir em frente. Infelizmente não podemos agradar a todos, mas agradando a alguns já é muito bom, já é uma vitória!
E tu agradas-me:)!!
Beijinhos

Susaninha disse...

As coisas nem sempre são faceis, mas acho bem o esforço que se faz para ser sempre melhor...

A ciumeira acho uma parvoice...
E SIM TEM SEMPRE O CORAÇÃO ABERTO , MESMO QUE NEM SEMPRE SEJA FACIL...

UM XIIIIIIIIIIIIII ESPECIAL:)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Amiga

Nao devemos pretender agradar a todos de maneira forçada. Isso seria fariseismo. Da mesma maneira que nao devemos cortar relações com ninguem se se mostraram minimamente reflexivos nas suas atitudes. Mas entrre sermos nos e agradarmos aos outros so para estarmos bem com todos, vai a diferença da sinceridade à mera cordialidade.

Todos nos queremos dar bem, mas também penso que deves acautelar o teu juizo final do comentario ao dizeres que tens a conscviencia tranquila. Claro que se temos a consciencia tranquila, nada nos deve inquietar, MAS SO DEPOIS de termos dito ao objecto de uma eventual ma interpretação ou desconforto pessoal, os porques e os motivos de nos acharmos isento de "culpas".

caso contrario podemos estar a ferir outros com o mero argumento da consciencia tranquila. Que tenho a certeza nao sera o teu caso. :)

beijinhos amigos