19/04/11

Estou a voltar a mim

Estive adormecida numa realidade paralela durante uns dias, mas finalmente despertei, ainda que meio sarapantada ainda a pensar no que aconteceu, mas já me começo a sentir.


Passei muito tempo, mais do que devia a pensar em coisas que de todo não valem nada.


Eu segui com a minha consciencia como faço sempre até ao fim, não olho as consequencias, pois para mim não as havia simplesmente.


E depois afinal descubro que tinha saltado de um abismo sem parapente, o que vale é que fui aparada pelas asas de anjos, sempre incasavéis para me segurar as quedas!


E já está, continuo eu mesma como sempre, como dantes, mas melhor ainda.


Pois uma coisa eu aprendi se estamos bem connosco mesmos, isso basta, fará com que sejamos correctos com quem nos rodeia.

6 comentários:

Moon lady disse...

acima de tudo nunca deixes de ser uma pessoa maravilhosa. nunca. conheço te a pouco tempo mas sabes que podes contar comigo. segue os trilhos dourados dos teus sonhos e os teus pesadelos deixa-os seguir pelo lado oposto... mas olha para eles antes de seguires em frente...

Rosa Carioca disse...

E é assim mesmo que tem que ser: fiel a si.

Eli disse...

Estar sempre "bem" sem corrermos atrás de algo que nos faça sentir mais não me agrada, porque é uma zona de conforto demasiado óbvia para mim. Às vezes precisamos de ir, nem que seja para nos esquecermos de nós, nem que seja para levar com uma bofetada que nos faça uma anestesia geral percorrer-nos de cima abaixo. Parabéns por ires e voltares. Os regressos nem sempre são fáceis, mas algum treino nesse caminho de volta faz com que as quedas sejam cada vez menos dolorosas. Acontecem sim, é certo, mas... entendeste que deves ir as vezes que sejam necessárias.

Força. A vida é para ser vivida na sua plenitude, nem que seja o sofrimento a dominar por vezes e nós a dominá-lo noutras (vezes).

Bjinhos

:)

Fátima Santos disse...

Muito obrigada a todas

Paulo Vicente disse...

Bem vinda de volta! :)

CG disse...

Isso é o mais importante.
Em relação ao pensar demais, também tenho o mesmo problema. Isso por vezes só nos prejudica, em vez de ajudar.
Big Kisses