12/09/10

Eu não mereço isto!

Raras são as vezes, mas posso vos garantir, que nessas vezes me apetece partir tudo á minha volta, com a revolta que sinto em mim! Que bom seria acordar um dia e sentir-me renascida, livre de amores que nunca serão correspondidos, e que por isso mesmo me fazem sentir feia, sem ter o tal je ne c'est quoi que a tantos diz tanta coisa...que a tantos isso acaba por ser o mais importante até que beleza física, mas que concerteza serão bonitos por dentro, não é? Com aquelas qualidades que todos apreciamos no feitio de alguém. Sinto-me pequenina, e o pior é que por instantes deixo de ter amor próprio, e assim tomando consciência disso, vem dentro de mim a tal força que acaba por me salvar...e eu peço a essa força que nunca me desampare, que me ajude até a evitar a dita revolta que por vezes sinto. E deixar de me questionar, porque é que uns terão sempre o seu ego no auge em consequência de deixarem os corações de outros completamente destroçados.

5 comentários:

Ana disse...

Há dias em que nos vamos abaixo e parece que nada faz sentido!!
O bom é que esses dias passam e, no dia seguinte, tudo volta a ser colorido!!
Muitos beijinhos, um abraço forte ânimo

Fatinha disse...

Obrigada Ana! quem me dera que tudo isto passa-se e rápido! bjs

Myosotis disse...

E quem nunca sentiu o que escreves-te? Eu já, tantas e tantas vezes!! Espero que já tenha passado a nuvem negra e que o sol já esteja a brilhar.
BTW tu és linda fatinha, acredita :) E estou a falar fisicamente porque por dentro tu já sabes o que penso :)

**bEIJINHOS**

Fatinha disse...

Oh Myosotis, mto obrigada pelos elogios! a nuvem negra já passou, foi um momento mto chato que tive que me deu para ali...beijinhos e obrigada:)

Myosotis disse...

Todos temos os nossos momentos. E é tão bom ter um blog para desabafar :)
Ainda bem que já tudo passou!

**Beijinhos**