10/07/10

Curiosidades

Há um povo que eu simpatizo, principalmente quando são simpáticos, cultos, inteligentes e bem dispostos, esse povo são os brasileiros.
Já disse aqui que sim, há os que não têm noção do que são os portugueses a não ser do tempo de Cabral, e quando cá chegam, finalmente lá vão adquirindo novos horizontes de conhecimento. Mas, há efectivamente aqueles que são o oposto, chegam já com uma noção perfeita da História, enchem as pessoas com largos elogios, enaltecem os portugueses, a nossa cultura, falam do avô que era de Trás os Montes e por aí fora...portanto, há aqui uma boa diferença comportamental, até mesmo de entendimento da mesma língua, em que uns estão no constante: " oi, não entendi, como foi que disse?" depois de 3 ou 4 repitições...e há aqueles que entendem eu a falar como se eu fosse natural de lá.
Agora, se me permitem, deixem-me desabafar com estes dois exemplos, um de uma declaração, o outro de uma pergunta que fazem no local onde trabalho: " eu entendo 3 línguas - o brasileiro, o português e o inglês" - " Portugal ainda tem monarquia?" - Bom, são alguns exemplos frequentes...dos quais não irei deixar comentários. Não estou com estas observações querer deitá-los abaixo, mas sim, entender como pode isto acontecer, o que falta para eles se informarem até chegarem ao mesmo nível que nós temos em relação a eles? Penso que deveriam aprender a História de Portugal na escola, os antecedentes que levaram aos Descobrimentos, um pouco da nossa origem, faz falta, afinal, acaba por ser um pouco da origem deles, e no final se concluí a identidade de um país.

Até à próxima

3 comentários:

Rosa Carioca disse...

Fatucha, vivi 23 anos no Brasil. Estudei lá, desde o 6º ano até à Pós-Graduação. Só tive UMA Professora que ensinava a verdadeira história do Brasil, COMEÇANDO A FALAR SOBRE PORTUGAL. Essa Professora era natural do norte do Brasil (Pará) e dava gosto ouvi-la falar dos feitos dos portugueses, suas descobertas, sua preocupação em formar uma grande nação unida por uma só língua. Ela sempre dizia que tudo de grandioso que o Brasil tinha, isto é, os teatros, as igrejas, caminhos de ferro, universidades, estradas, portos, foi obra dos portugueses. Todos os brasileiros que estudaram, verdadeiramente, TODA a história do Brasil, admiram, respeitam Portugal e FALAM um "PORTUGUÊS COM AÇÚCAR".
Pena que nem todos os brasileiros foram alunos da Professora Terezinha.
(Desculpa de me alonguei no comentário.)

Fatucha disse...

Olá Rosa, foi muito bom ler esse seu comentário. Acho que professoras como a sua fazem falta...penso que é importante, afinal a História de uma país é a sua identidade, não só no passado, mas presente e futura.
Muito obrigada mesmo, e sim, o sotaque do Brasil, é isso mesmo, portg com açucar! bjs :)

Paulo Vicente disse...

Aprender a nossa história é uma boa ideia, também para conhecer parte da história deles, como chegaram onde estão.

Mas para saber se temos monarquia basta uma vista de olhos pela wikipedia ou ver as noticias...

E o Português e o "Brasileiro" podem ter as suas diferenças, escritos não há problema mas falados têm um som diferente.