27/06/10

A minha maneira...

De ver as coisas. Se num grupo de 10 pessoas que exercem as mesmas funções de trabalho, isto é são cumpridoras com o horário, tem uma boa postura, são simpáticas no atendimento ao público, não causam mau ambiente, no geral acabam por ser eficientes e tem todas mais ou menos o mesmo comportamento, destacando-se uma ou outra, porque serão mais espontâneos, mas, as qualidades profissionais estão lá todas.
Agora imaginem que desses 10, havia 2 que, tinham maus modos, não tinham postura e não cumpriam com o que lhes era pedido fazer.
O que fazer? Elogiar os outros 8, sim senhora, pois estão bem, dar-lhes palavras de incentivo para continuarem. E quanto aos outros 2, há que nos preocuparmos mais, há que os alertar, não os podemos deixar de parte, há que falar com eles para que melhorem e cheguem onde os outros estão, sem nunca os desmoralizar ou tomá-los como inferiores.
E quando alguém me perguntar, dos 10 qual mais gostei, respondo, são todos bons, uma destingia-se mais porque era sorridente, outro porque tinha uma postura que se destacava mais que os outros...e responder que sim, todos foram incríveis pela prestação que tiveram.
Mas, faz parte do meu feitio, que se calhar é um defeito, não consigo elogiar de forma efusiva alguém por muito bom que seja... posso lhe dar apenas os parabéns e tal, mas mais do que isso não consigo, e nem tem nada a ver com questões de inferioridade da minha parte, ao achá-los melhores que eu. Tem se calhar a ver com o grau de exigência que tenho com o meu trabalho e quando outros respondem de forma igual ou até melhor do que eu, burra serei se não até aprender com eles, e valorizá-los por isso assim, como valorizar-me da mesma maneira...
Fico por aqui com as minhas divagações do momento...

Até à próxima

5 comentários:

Gonçalo disse...

Julgo que é preciso saber separar o trigo do joio e se há alguém muito bom é preciso valorizá-lo pelas suas qualidades. É uma questão de justiça e psicologia de grupo.

Os outros, apontar os erros de uma forma construtiva, equilibrando com as qualidades que também possuirem.

Quando poderei ser líder?

:P

Anniiee disse...

Fatinha *.*

Sim eu sei bem do que estás a falar, e peço que me ajudaste a ficar como os "outros" o que eu te agradeço imenso!!
Mas às vezes dizer que se está a melhorar ou assim, é uma boa forma de isentivar!

Espero que continues a fazer esse bom trabalho!

Beijinho grande!

Olhos Dourados disse...

Compreendo o teu ponto de vista.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Tenho de confessar que nao percebi muito bem o que pretendes transmitir. E é um assunto importante. Talvez do verao mas fico muito louro ;)

Fatucha disse...

Lobinho, foi só uma constatação minha relacionada com elogios, desempenhos no trab...essas coisas.