25/12/10

Saudades


Que coincidência...lembrei-me de ligar o computador para falar da saudade que tenho do meu pai, que apesar de não querer sentir-me triste, é inevitável virem -me lágrimas aos olhos de lembranças de 30 anos que passei com ele durante esta época. E vi que o primeiro texto dos blogs que estão adicionados ao meu da AVOGI ( e as pulgas) tinha um texto precisamente com o mesmo pensar que eu!
Até que eu lhe respondi como comentário: "Sabes, acabei de ligar o computador precisamnte porque me lembrei do meu pai e da falta que ele me dá nesta época. E ao ler o que aqui escreves indentifico-me contigo. É normal, mas temos de pegar nesta época e torná-la sempre rica em boas recordações, as nossas, as que criamos mesmo sem "eles" estarem presentes...pois é assim que gostariam de nos ver: BEM."

Essa foto foi tirada em 1981 em Coimbra.
p.s este blog existe depois de ter perdido o meu pai em 2008.

7 comentários:

Scarlet_Perry disse...

Feliz Natal!***

Gonçalo disse...

Coimbra é terra de emoções e tu és uma guerreira!

(orgulho)

:)

Miguel disse...

É para isso que nos servem as memórias, para manter viva a recordação daqueles que amamos. É ainda natural que, não os esquecendo nunca, nos lembremos com mais intensidade nestas datas em que a alegria da ocasião se mescla com a nostalgia desse sentimento tão nosso que é a saudade. Óptimos sentimentos num post a puxar também deste lado por uma lágrima e umas quantas memórias. Um Feliz Natal e tudo de bom!

Rosa Carioca disse...

Sei o que sentes e posso afirmar se, ainda gosto do Natal, devo às lembranças que tenho dos Natais vividos com meus pais.

S* disse...

Lamento saber... deve tirar aquele brilho especial da época mas tens realmente de te agarrar ao bom.

EC disse...

A vida é feita de memórias. Memórias daqueles q estarão sempre connosco!
Bom ano 2011.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Fatinha, "se estás perto de alguém que amas, não te parece que já lá estarás?"

As épocas festivas são convidativas de outras épocas, de momentos belos e de um sentyir livre, livre de responsabilidades e desencanto. Mas o que é Natal e o que é saudade ou o deixar cair umas lágrimas, senão vermos quem amamos dentro de nós?


Possa tudo o que for bonito encher a tua vida e 2011 te traga muitas realizações e sobretudo muita alegria.

Daniel LObinho