11/02/10

Sinto-me pequenina

...perante a sabedoria de quem domina um assunto tão bem, quem fala com um discernimento tal que até atropela as próprias palavras, acaba por se perder no discurso que tinha e ainda lhe dá tempo para criar piadas pelo meio! Absolutamente admirável.
Quem me dera um dia me especializar assim num assunto que goste e consiga ter este dom da comunicação e transmissão de conhecimento aos outros...e não me deslumbrar pelo que sei, aí sim reside a verdadeira sabedoria, aquela que não precisa de bandeira e vaidade.
Foi só um pensamento que me lembrei de umas palestras sobre o mundo mulçumano que ando a ouvir.

Até á próxima

6 comentários:

Myosotis disse...

Sinto-me muitas vezes pequenina assim...
Sei muita coisa em geral mas muito pouco de cada assunto em concreto!! E discursar não é definitivamente o meu forte :s

**Beijinhos**

Maria disse...

Aproveita:)

Olhos Dourados disse...

=)

Elisabete disse...

Acho que isso não vai apenas do saber. Conheço muitos casos de pessoas que são entendidas da matéria, mas que não têm poder de comunicação, não têm aquele "dom da palavra". E depois há outros que basta prepararem-se o mínimo e na apresentação conseguem fazer o que querem, quer do texto, quer da plateia!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Só sei, Fatucha, que escreveste com muita propriedade (mesmo "desapropriada") e um belíssimo pequeno texto, estavas absolutamente inspirada. A Emoção (com E maiúsculo, do sentir unívoco e pessoal) faz-nos transigir de nós. Mas também como muito bem dizes, não nos devenmos vislumbrar pelo que sabemos nisso residindo a verdadeira sabedoria.

De facto, Fatucha, só quem consegue a humildade consegue verdadeira paz interior, e depois desta a liberdade.

beijinhos

Eli disse...

És especialista em partilhar ideias sobre sentimentos da tua vida. Sabes que há muitos oradores que falam tão bem sobre assuntos que não entendemos, mas no que se trata da sua própria vida, nem um raciocíno conseguem partilhar. Depois, há caras-metades desiludidas e eles não percebem como é que o sucesso numa área pode ser tão grande e na outra desaparecer-lhes.

A nossa luta é que muda tudo. Tu consegues. Só não penses que as capacidades estão apenas nos outros!

Beijinho.

:)