03/09/09

Respeito e impulso

Eu vivo ligada aos valores de respeito e ética, tento saber sempre o meu lugar, saber estar com os outros é importante e disso quero ser sempre capaz.
Mas também sou levada pelo impulso, quando algo que me roi cá dentro, quando não dá mais para calar a voz, quando não dá mais para me sentir sufocada...tenho de falar...depois segue o espanto perante a minha audácia, segue a dúvida, será que fiz bem?
Mas o que retiro é alívio, paz com a minha consciência... e o resto é completamente secundário.

Até á próxima

1 comentário:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Penso que o ideal é sermos sempre nós mesmos, nem levados pelo impulso nem demasiado quietos, mas claro que momentos em que ficamos irasciveis, e entao sim, ficamos libertos... :)

bjs amigos