18/12/08

Apercebi-me da crise

Quando hoje no hospital de Santa Maria peguei em 2 euros para pagar um chá de chavena e um croissant com queijo, e estava a pensar se a empregada da caixa me pedir mais que 2 euros por isto, então vou sentir os sinais da crise...e sim, o meu palpite não falhou, pediu-me mais 10 centimos...(considero os 10 centimos saldo negativo) porque nas minhas 'poupanças' só queria gastar mesmo só até os 2 euros...claro que não tinha outra escolha porque tinha acabado de tirar sangue e queria era comer, fosse lá como fosse!

Até á próxima

4 comentários:

Maria disse...

Crise... A quem o dizes! Pior é pensar que 2 euros são 400 escudos!

izzie_tisha disse...

meu deus... eles sabem mesmo como se aproveitar de uma pessoa

NESSA disse...

Daqui a bocado nem dinheiro para comer há. Uma pessoa até já tem que abdicar de, uma vez por acaso, ir lanchar fora. Já não há dinheiro para os simples prazeres da vida, quase. Não é normal.

Marta disse...

Mas deviam de ver o que se passa no Feira Nova de Odivelas.
As pessoas parecem loucas em comprar e em mais comprar. E na comida? Ainda é pior. Eu trabalho em Take Away no tal dito Feira Nova de Odivelas e as pessoas parecem ganaciosas em comer e comprar comida que bem poderiam fazer em casa.E ainda dizem que há crise. Qual crise? Só se for para pessoas que trabalham um ano todo e que chegam ao final de cada mês com contas para pagar e fica quase a zero.