17/12/08

AAAHHHH!!!!


Não é um grito de dor, é um grito de desespero, porque não gosto de gente sonsa/desimulada, de situações desenchavidas, de cinismo. Gosto de quem se afirma ser com o pacote completo sem medos, de quem esteja a burrifar-se com o ridiculo que ás vezes queira ter, de quem seja determinado e faça o que tenha a fazer e bata com a cabeça na parede as vezes que forem necessárias. De momento eu digo para quem gostar de mim de verdade handle with care porque tou fragilizada...tou magoada e tou iludida. Será que o destino se ri de nós quando gostamos de alguém e dali o que vem é o deserto mais árido como resposta? Antes preferia ir para um deserto australiano, porque ....além de não ser atacada por terroristas, é no outro lado do mundo, longe de tudo e de todos e pelo menos ali sentia o habitat perfeito para o meu estado espirito no presente.

Até á próxima

2 comentários:

izzie_tisha disse...

Partilho o teu grito... e ainda lhe acrescento dúvidas... vamos as duas para esse deserto até que lá chova e apareça o nosso verdadeiro oasis... porque um dia há-de ser a nossa vez.

Marta disse...

Posso me juntar às duas.
Ainda ontem me senti mais ou menos assim.
Só queria ir para um sítio em que pudesse chorar à vontade.
As coisas no meu trabalho não andam bem com isto do natal e a situação em casa já começa a ficar saturante.É ver sempre discussões entre o meu pai e o meu mano que me faz com que fique desanimada e querendo chorar mesmo.